Publicado em

As 9 leis fundamentais da economia gastronômica

As leis da economia no nosso segmento gastronômico são retas e diretas. Empresas que as reconhecem e respeitam consequentemente enriquecem. Os Bares e restaurantes, supermercados e similares são empresas de alto giro, de entrada e saída contínua de produtos, ali o controle de processos é fundamental, sinão for assim o sonho vai durar tanto quanto a intuição.

 
economia gastronômica

A seguir os 9 pontos fundamentais:

1. Para consumir é necessário antes produzir. A produção com processos assertivos e a verdadeira fonte de riqueza do seu estabelecimento e da economia gastronômica. É sumamente importante criar as condições para que pessoas e empresas possam poupar (reduzir custos) o suficiente para financiar toda a produção e é claro prever como consumi-la no futuro.
 

2. O consumo é o objetivo final da produção. A economia de um restaurante por exemplo depende e muito da sua equipe de trabalho, essas pessoas recebem um salario em troca de sua mão de obra. Se a sua empresa tiver parcerias com outras empresas que beneficiem a sua equipe, possivelmente você estará impulsionando a economia da sua região, e criando assim uma fluides maior para o consumo dos seus produtos pelos funcionários de outras empresas que estão ao redor.

 

3. Não há nada que seja realmente fácil e grátis. Afinal, o certo e que os negócios não funcionam de acordo com sentimentalismos ou pura intuição, os restaurantes funcionam exatamente da mesma forma que qualquer outro setor de serviços na economia, por mais que as pessoas se deixem levar pela emoção ou a querida e esperada “sorte”. Se o cursinho for de graça desconfie, se o seu cliente for a sua família, e se você acredita na máxima “Todo mundo tem que comer”… Pense, nenhum negócio que da certo é tao simplório.

 

4. O valor das coisas é completamente subjetivo. Por exemplo, pense na produção de um par de sapatos que levou 4 horas de trabalho, e na de um bolo levou 2 horas de trabalho para preparar e assar. Então pareceria a simple vista que a “taxa de troca” mais justa entre essas duas mercadorias deveria ser: 1 par de sapatos por 2 bolos. Dessa maneira, 2 produtos seriam trocados a uma taxa que representa quantidades iguais do tempo de trabalho gasto para produzi-los.
Só que não! Tudo depende do grau de importância pessoal (subjetiva) que o consumidor confere ao produto/serviço. Então por essa perspetiva os sapatos e o bolo vão depender do propósito ou desejo de consumo do usuário.

 

5. Sem poupança não há investimento e sem investimento não há acumulação de capital e compra de “bens de capital” (fatores de produção): ferramentas, maquinários, fornos, mesas, cadeiras, panelas, copos, pratos, local, meios de transporte e de comunicação… Eles auxiliam os seres humanos em suas tarefas e, consequentemente, tornam o trabalho humano mais produtivo; sem acumulação de capital não há maior produtividade por consequência não há aumento da renda.

 

6. Gastos são custos; o querer multiplicar a renda implica aumentar proporcionalmente os custos.

 

7. O dinheiro, por si só, não é riqueza. Dinheiro é uma ferramenta de troca; riqueza é abundância de bens e serviços e bem-estar. Só assim você vai conseguir ser “Líder” e não “refém” do seu próprio negocio.

 

8. O trabalho, por si só, não cria valor; para ter valor, um bem produzido tem de ser útil e demandado por consumidores que querem consumi-lo. (relativo ao ponto 4).

 

9. Nos dias de hoje, o lucro econômico é um bônus extra que uma empresa ganha por ter sabido alocar corretamente recursos escassos.

 
 
Depois de ter esses dados você já vai poder desenvolver os principais KPI´S de sucesso que são: MarkUP, Lucratividade de produtos, Break-even e Rentabilidade do negócio.
 
 
E não deixe de entrar no grupo de debate da nossa Liga gastronômica no Facebookse quiser você também pode utilizar a nossa hora de consultoria gratuita via Skype ou whatsapp!
 
 
Como fazer? Fácil só adicionar o Emy Machado e aproveitar.
Contatos – Skype: emi.machado1 – Whatsapp: 48 – 9846 5499

Publicado em

Cozinha regional renovada

Na última segunda feira (24/08) o Chef Narbal Corrêa (um dos maiores nomes da cozinha regional Brasileira), especializado em frutos do mar, recebeu um grupo seleto de 10 pessoas para compartilhar informações e receitas tanto típicas como sofisticadas da culinária local do município de Santa Catarina.

 

Com um “Menu degustação” com cerca de 10 diferentes preparações, o Chef e sua equipe dividiram os segredos da preparação de iguarias como ceviche de ostras, ostras bocuse, moules a la crème, polvo provençal, entre outros,  tudo ao vivo e regado ao vinho Goethe de Urussanga (vinho mais premiado de SC).

 

Variedade de ostras
Variedade de ostras

 

Os alunos e amantes da gastronomia se surpreenderam com a experiência de estar dentro do restaurante com o Chef e sua equipe trabalhando com a cozinha de “portas abertas”.

 

No Centro Gastronomico Rita Maria, Cozinha regional brasileira
No Centro gastronômico Rita Maria, Cozinha regional brasileira

 

E aí, deu vontade de saborear os mais deliciosos frutos do mar direto da Cozinha do Rita Maria?

 
 

Semana que vem tem mais! Venha conferir nossos próximos workshops:

 

MÓDULO 2 será realizado na segunda-feira – 31/08 as 18h30:

 

5 TIPOS DE CAMARÕES (Aprenda a fazer a escolha certa dos insumos e seus melhores fornecedores na Ilha, com elaboração ao vivo e degustação de mais de 10 preparações, harmonizados com vinhos finos + algumas surpresas da pesca do dia).

 

Vinho "Iceberg" - Varietal Goethe, Urussanga SC
Vinho “Iceberg” – Varietal Goethe, Urussanga SC

 

O MÓDULO 3 será realizado na segunda-feira: – 14/09 as 18h30:

 
PEIXES E VIEIRAS (Aprenda a fazer a escolha certa dos insumos e seus melhores fornecedores na Ilha, com elaboração ao vivo e degustação de mais de 10 preparações, harmonizados com vinhos finos + algumas surpresas da pesca do dia).

 
 

Local: Centro Gastronômico Rita Maria

 

Investimento: R$350/módulo

 
 
 

Maiores informações:

 

fb: yazakilifestyle

Faça sua inscrição aqui: “Cozinha Regional Renovada”
e-mail: ritamariagastronomia@gmail.com

e-mail: contato@yazakilifestyle.com.br

Tel: 48.4009 2442

 
 
 

Você como parte integrante e fundamental da Cultura gastronômica brasileira esta convidadíssimo/a para nossos próximos eventos. Entre em contato!

 
 

 
 
[btnsx id=”1821″]
 
 

Publicado em

Cervejas artesanais estão no auge

Cervejas artesanais estão no auge

Aonde tem cervejas boas?

 

As cervejas artesanais são a bola da vez, todo mundo tem, todo mundo faz… Mas então parece que o pessoal enjoou de beber suquinho de milho? Seria o fim do aditivo e da cerveja sem gosto???

 

Em nosso país as cervejas fabricadas pelas grandes marcas tem o aval da legislação Brasileira para elaborar a bebida com até 50% de milho em vez de cevada. Por isso vemos nas fórmulas uma estranha frase dizendo “cereais não maltados”.

 

Para ser considerada premium uma cerveja deve conter a quantidade máxima de 25% de cereais não maltados.

 

Neste vídeo o pessoal da cervejaria carioca “2Cabeças” do Rio de Janeiro convidou Brian Strumke e “Stillwater Artisanal”  dos EUA para a criação das cervejas artesanais Caramba! A história vale a pena.

 

Fonte vídeo: youtube Treze Brew

 

As Saisons como as do exemplo anterior são cervejas refrescantes, leves, de sabor suave e um toque ácido. Elas se caracterizam por serem versáteis na sua elaboração e aceitam diversos tipos de combinações: especiarias e outros ingredientes inusitados trazem complexidade no aroma e paladar.

 

Por serem diferentes, é uma modalidade conhecida como um “não-estilo”, que possibilita extrema experimentação e liberdade na criação da receita, neste caso as Carambolas.

 

Cervejas artesanais de todo tipo têm surgido e se destacado num mercado brasileiro cada vez mais concorrido é criativo, algumas estão no auge como “O chopp alemão” Klaus Bier, cervejas Colorado, Eisenbahn, Bodebrown, Invicta, Wäls, Bierland  entre muitas outras já estabelecidas.
 
E na ilha de Florianópolis a Cervejaria Sambaqui que tem dado o que falar.

Vale atestar!

 
 

Adoramos novidades, por isso deixamos o canal aberto para sugestões, opiniões e comentários sobre as matérias e o assunto que merece todo o sabor do nosso respeito: ALIMENTAÇÃO E BEM VIVER.