Publicado em

Dez momentos que incitam o ódio nos clientes de restaurantes [+ DICAS]

Clientes de restaurantes

Estavam com saudades da série de dicas sobre planejamento na gastronomia? Hoje descrevemos dez momentos que os clientes de restaurantes mais odeiam. E pra complementar colocamos estes 10 pontos dentro dos 4 pilares que suportam os negócios gastronômicos:

Cardápio – Atendimento – Ambiente – Preço.

 

Alguns pontos despertam o amor e outras o ódio. Mas ok, faz parte. Estamos aqui para falar dos momentos que as pessoas passam mais raiva nos restaurantes.
Claro que não é sempre (ainda bem) mas vira e mexe encontramos reclamações em nossa plataforma de redes sociais, aqui citarei em seguida.

 
clientes de restaurantes
 
+ LEIA MAIS: COMO AUMENTAR AS VENDAS DO SEU RESTAURANTE???
 

ATENDIMENTO:

1 – Essa é das mais comuns. Você senta e fica esperando o garçom aparecer. As vezes demora 5, 10, ou até 15 minutos e nada de surgir alguém para pegar seu pedido. Tem aqueles clientes que se levantam e vão embora. [DICA] Muitas pessoas tem smartphone, se o restaurante estiver lotado o garçom vai demorar mesmo, então coloque a senha do wi-fi num lugar bem visível. Isso vai ajudar a entreter o cliente pelo menos nos primeiros 5min.
2 – Outra clássica. Você faz seu pedido e ele demora hoooooooras. Pior quando vem, e está errado ou quando o cliente pede o prato e a bebida, e chega o prato e nada da bebida. Isso irrita muito. [DICA] Faça um cardápio com boa usabilidade, tanto para o cliente escolher de forma dinâmica, como para o seu garçom ou equipe de cozinha não se confundirem com os nomes dos pratos.
3 – Garçom amigo. O cliente está com muita fome e pede um prato daqueles bem caprichados, ai o garçom quer ser engraçado e sugere que o prato é muito grande para ele, ou pergunta: Você esta com fome? [DICA] Treine sua equipe pra eles chegarem no meio termo. Nem garçom amigão, nem garçom mal humorado..

 

clientes de restaurantes

 

AMBIENTE:

4 – Clientes palitando os dentes? Já viram pessoas reclamando que acham que isso é nojento? É! E tem uns que palitam e ficam sugando o palito (rsrsrs). [DICA] Coloque o paliteiro nos banheiros e/ou na saída do restaurante.
5 – Musica alta em restaurante irrita. Cuidado nos restaurantes com musica ao vivo. [DICA] Para o momento da refeição a música deve ser ambiente, tranquila.
6 – Crianças fazendo bagunça ou chorando dentro dos estabelecimentos incomoda quem tem e quem não tem filhos. Há pessoas com menos paciência e se aborrecem. Isso acaba com a experiência deles no estabelecimento. [DICA] Desenvolva o seu Restaurante, Churrascaria, Sushi, etc; pensando na inserção de adultos e/com crianças ambientando um espaço/atividade dedicada a eles para a melhor experiência de todos.

 

CARDÁPIO:

7 – Mostrar uma coisa nas fotos e entregar outra no prato. Porque obrigar o cliente a pagar por algo que ele não pediu? Exemplo, o cliente pede um prato que parece enorme na foto, e logo vem aquela porção pequena horrível sem graça. Resumindo, não é bom, ele come com ódio, sai com frustrado e depois fica falando mal do restaurante. [DICA] Tire fotos verdadeiras pra colocar no cardápio.
8 – Outra coisa que irrita demais é quando após muita indecisão o cliente escolhe o prato, e logo após é comunicado que não está disponível naquele dia. [DICA] Coloque um aviso no cardápio pedindo desculpas.

 

PREÇO:

9 – Cardápio sem preço, acontece naqueles lugares mais “cool” e o cliente fica tenso! Pode até ser caro e o cliente estar preparado para isso, só que na imaginação tudo fica mil vezes mais caro. [DICA] Se não quiser colocar os preços alinhados na coluna da direita para o cliente escolher o mais barato, coloque como texto corrido depois dos ingredientes.
10 – Erro nas contas e ficar explicando mil vezes o que consumiu ou o que não é extremamente irritante! O cliente perde o maior tempão conversando e tentando provar que não9 – Cardápio sem preço, acontece naqueles lugares mais “cool” e o cliente fica tenso! Pode até ser caro e o cliente estar preparado para isso, só que na imaginação tudo fica mil vezes mais caro. [DICA] Se não quiser colocar os preços alinhados na coluna da direita, coloque como texto corrido depois dos ingredientes.
10 – Erro nas contas e ficar explicando mil vezes o que consumiu é extremamente irritante! O cliente perde o maior tempão conversando e tentando provar que não consumiu aquilo que está na conta… muito chato! [DICA] Organize seu staff de garçons diariamente, direcione que eles se responsabilizem pelo setor designado. Assim cada um vai ser responsável por certo numero de mesas, prestando mais atenção aos pedidos.

 
Listamos 10 coisas depois de analisar monitoramentos e comentários nas redes sociais, mas poderíamos ter escrito mais umas 20! Aqui na Liga gastronômica descobrimos uma em especial que tira o pessoal do sério, mas preferimos nem comentar porque a polêmica vai ser grande (rsrs) Agora fica com vocês, contem pra gente, quais outras coisas vocês sentiram na pele que as pessoas odeiam nos estabelecimentos gastronômicos?
 
 
Não deixe de entrar no grupo de debate da nossa Liga gastronômica no Facebook e se quiser você também pode utilizar a nossa hora de consultoria gratuita via Skype ou whatsapp!
 
Como fazer? Fácil só adicionar o Emy Machado e aproveitar.
Contatos – Skype: emi.machado1 – Whatsapp: 48 – 99846 5499

Publicado em

O diferencial do Sommelier de cerveja.

Vivemos tempos onde o diferencial conta muito. Todos buscam de alguma forma alcançar isto em suas vidas profissionais e não seria diferente com proprietários de bares e restaurantes.
Mas como entender esta busca e o principal, como alcançá-la?

 

Neste momento que o detalhe ganha importância. Nele, muitas vezes sutil, que um estabelecimento cativa seu público e se sobressai aos demais concorrentes, torna-se o seu verdadeiro diferencial!

 

Agora vamos pensar em cerveja (que é tudo de bom!!!)

 

cerveja e rock & roll

 
Como seu estabelecimento está tratando seus clientes que gostam de cervejas diferenciadas?
 
Você tem um cardápio de comidas sensacional e uma carta de cervejas enorme e maravilhosa, mas você está atento às experiências que está proporcionando à sua clientela?
 
Ambos, comidas e cervejas estão devidamente harmonizados (ou o cliente depende apenas das informações dos garçons, muitas vezes despreparados)?

 

Se parou pra pensar muito tempo nas perguntas anteriores você acaba de perceber uma falha grave: falta atenção à qualidade da EXPERIÊNCIA do seu cliente.

 

Degustação – cervejas especiais.

 

É exatamente neste momento que entra o trabalho de um Sommelier de Cerveja. Cabe a ele, ao entender sua proposta, iniciar um trabalho apurado de avaliação sensorial, indicando assim as melhores opções de rótulos e criando as melhores harmonizações entre seu cardápio e sua carta de cervejas.

 

Como resultado, é possível antever inclusive o desempenho do seu estoque, notando a demanda ou se baseando no cardápio proposto, quais rótulos de cerveja faltam em seu estabelecimento ou mesmo quais deles se repetem desnecessariamente.

 

A parceria com esse tipo de profissional numa área tão ascendente como a Cerveja, pode antever tendências e alcançar o diferencial que o seu bar/restaurante estavam procurando além de quem, o detalhe harmônico dará ao cliente uma sensação única de qualidade, cuidado e sensações que se traduzirão em fidelização do cliente! Vamos lá?
 
 
Cheers!
 
 
Sommelier: Daniel Braga

 

Escrito por Daniel Braga.
 


Daniel Braga é analista de Sistemas e Sommelier Doemens formado pela Escola Superior de Cerveja e Malte.
 
Foto do Sommelier tirada por: Ricardo Felipe Kaun / fonte: Escola Superior de Cerveja e Malte
 
 


 
 
[btnsx id=”1821″]